Abertura do comércio de rua no Carnaval em Piracicaba vai ser facultativo aos lojistas
17/02/2022 15:32 em Cidade

Prefeitura de Piracicaba cancelou comemorações nas ruas e liberou a realização de eventos particulares

O dia 1º de março (Carnaval) não vai ser feriado e a abertura do comércio de rua em Piracicaba será facultativa. Isso porque, a abertura das lojas nesse data foi definida em convenção assinada em 2021. Com isso, os sindicatos que representam os trabalhadores e os empresários definiram os lojistas têm autorização para abrir em horário normal em todos os dias, de segunda (28) a quarta-feira (2).

De acordo com o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas ) de Piracicaba, Reinaldo Pousa, explicou que a terça-feira (1º) será ponto facultativo. Segundo ele, na convenção do ano passado, ficou decidido que o comerciário que trabalho no dia 8 de dezembro (Feriando Municipal de Nossa Senhora da Conceição), teria direito a folgar no dia 3 de janeiro e em qualquer dia de março.

“Nesse caso, preferencialmente a folga será no dia 1º que tradicionalmente era folga por causa do Carnaval”, afirmou acrescentando que a orientação da CDL aos comerciários é que observem o ponto facultativo para a concessão da folga.

Tanto o Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba) como o Sincomerciários (Sindicato dos Empregados no Comércio) de Piracicaba, informaram que vão seguir o definido em convenção de 2021.

Em relação à expectativa de vendas para o período de Carnaval, Reinaldo Pousa avaliou que não há muita expectativa por se tratar de final e início do mês, o que não implica em um aquecimento nas vendas do setor.

No início do mês a Prefeitura de Piracicaba confirmou que cancelou o carnaval de rua deste ano e liberou a realização de eventos particulares, como em clubes e salões fechados, desde que haja controle do número de participantes e cumprimento das regras impostas pela quarentena da covid-19. Segundo a administração, a decisão segue as regras do governo estadual de suspender eventos e shows sem controle de público.

Beto Silva
beto.silva@jpjornal.com.br

FONTE: O JORNAL DE PIRACICABA

COMENTÁRIOS